Agora vejo claro


Agora vejo claro
Claro como a água
De quem lhe custou caro
E agora tem alguma mágoa

quando és o desejado
Nada te alarma
E quando percebes que não devias ter brincado
É quando acua o karma

Porque ele existe
Não digam que não
E foste embora e nem um abraço de despedida pediste
E eu continuo esticando a minha mão

Gostava de brincar com quem me queria
Nem ligava para o mal que fazia
E agora ela brincou da mesma maneira que eu brincava
Mas tornei-me no desgraçado que se magoava

Percebes que ser bonito não é tudo
Que não interessa se vens embrulhado em veludo
Não interessa se tens as melhores intenções
Quando para aquela mulher não tens habilitações

Percebes que ter o melhor coração do mundo não conta
Que até pelo teu demasiado bom feitio ela desconta
Que não basta escrever poemas
Se não a cativas nem sequer com dilemas

Devia ter percebido que nada se regula apenas pelo bom
Que o mau é o novo som
Que mesmo que ela use vermelho nos lábios
O batom não significa que goste de sábios

Não se apanha desses todos os dias
Mas também ninguém os quer
Porque eles nem são crias
E muito menos aquilo que uma mulher prefere

Devia ter mostrado o meu mau feitio desde inicio
Porque no fundo elas dizem procurar um homem perfeito
Mas o que seu coração está propício
A um vilão que não passa de uma merda de sujeito

Eu não sou mais que isso
Também não o quero ser
Mas perdi a minha oportunidade de compromisso
Ou então ainda nem chegou sequer

Porque tudo é uma questão de timing
E daquilo que fizeste no passado
Porque mesmo quando te chateias ao som do “Hotline Bling”
Estás completamente lixado

E eu estou nesse ponto
Porque ela não me sai da cabeça
Nada passou de um conto
E vai durar uma eternidade até que a esqueça

Até porque não acredito que ela não acredite em mim
Ela apenas acha que merece melhor
Continua a esperança que ela diga “sim”
Só que ela já diz o “Não” de cor

Mas ainda haverá uma última vez
Um último ataque
Mesmo que ela me rejeite pela 10º vez num mês
Eu vou-lhe dar o destaque

Será o real início ou fim que todos podem assistir
Será o sim ou sopas, tal como venero
Não haverá por onde fugir
Onde a pior das hipóteses é voltar à estaca zero

Mas isso nem me assusta
Nisso já estou habituado
Começar uma nova história e robusta
Onde haverá uma nova senhora rebuçado

O que realmente me assusta é que ela me acompanhe
já que nunca tive um amor que me faça acreditar
mas se assim for o caso que se amanhe
que um nascer do sol está a chegar.

Anónimo

também poderás gostar...