Mais um dia


Mais um dia…

Mais um dia em que nos podemos chatear, refilar, amuar… Mas não acabamos sem que aconteça aquela conversa, sem aquele estudo sobre os pontos de vista. Sem nos resolvermos.

Já viste o que era de nós se a vida não nos tivesse ensinado a ver as coisas de outra perspectiva? E todas aquelas quedas e mágoas que ultrapassámos não nos tivessem ensinado a reagir?

Hoje não estaríamos de mãos dadas, a rir do passado e a sonhar com o futuro. Se o orgulho continuasse a prevalecer, teríamos seguido caminhos diferentes e todos os sonhos ou planos que temos feito seriam deitados água abaixo.

Mais um dia…

Mais um dia que eu penso e asseguro-te que tenho certezas de que te amo e de que foste a melhor coisa que me aconteceu. Puxaste-me para cima quando achei que não havia volta a dar. E se formos relembrar tudo o que já passámos, ninguém acreditava que hoje estaríamos assim… bem, felizes e de sentimento mútuo. Ninguém imaginava, nem eu ou mesmo tu.

E ainda bem! As boas surpresas aparecem quando mais precisamos e quando todas aquelas voltas e reviravoltas nos levam a cruzar caminho com quem mais queremos, tal como foi o nosso caso.

E mais um dia…

Mais um dia em que não poupo nas palavras, nem nos gestos. Não escondo, não minto. Sou sincera quanto ao que sinto e quanto ao que pretendo. Não quero deixar nada para depois, por receio de ser demasiado cedo. Quero viver cada dia, cada momento, cada oportunidade. Quero dizer-te mil e uma coisas, quer sejam lamechas ou não. O importante é não esperar por amanhã, quando te tenho do meu lado agora e posso demonstrar-te tudo aquilo que me fazes sentir.

Mais um dia…

De tantos outros que eu espero não deixar escapar e puder aproveitar contigo.

Marta Nabais

também poderás gostar...