Dietas...



Dietas começam quando a pessoa decide, por norma, e muitas são feitas em silêncio, é certo. A minha nem de perto dependeu de mim - dieta anormal, começa-me a parecer. As dietas começam hoje e com sorte é preciso um mês para que se note algum resultado. 

O meu coração entrou num regime condicionado imposto sem razão e sem querer não estava a ser alimentado - não gosto de dietas. Sofreu, por imprudência, durante dias, falta de nutrientes acabando a sua essência por emagrecer pelo excesso do vazio. O meu amor sofre de subnutrição, concluo eu agora, ao fim de uns tempos de dieta impensada, de uma dieta obrigada. 

Hoje o resultado está a vista, mas pior, estou ciente da minha dieta. Hoje já passou um mês e como vês, cheguei a um estado de plena anorexia, quem diria. Hoje não há soro que me cure, já não há vontade que dure. Hoje não consigo mentir nem me enganar ou esquecer, hoje não suporto continuar a te pertencer. 

Estou ligada à máquina e tudo o que me queiras dar o meu corpo expede. Não insistas, ele já não cede. Levaste-o a um extremo e os extremos são tudo menos saudáveis. Hoje sinto que há dores dispensáveis.

Joana Rita

também poderás gostar...