Aproxima-te


Seu coração é quente como chama que arde sem dó.

Eu estava meio tímida, aliás sempre fomos somente amigos e de repente a nossa troca de olhares não era mais distante, era frente a frente, olho no olho, lábios bem perto, era impossível respirar com a tensão do momento, o coração forte batendo, eu não entendia o efeito que rolava antes do beijo... Antes não acontecia! 

Seguimos em frente, a sua mão envolveu minha cintura e me levou para junto do seu corpo, eu senti então, seu coração batendo forte e isso me arrancou um sorriso bobo, a sua outra mão deslizava sobre meu rosto, fazendo um carinho suave e me deixando mais apaixonada por você... Nossos lábios se encontraram, e nossa sintonia é realmente inexplicável... 

Ficamos assim, por um bom tempo, aliás, nem tudo que é bom precisa durar pouco! Mas de repente, você recua me solta, e me olha sério... Sinto-me miúda... E então você diz que sou sua, e eu, sem saber o que fazer, somente corei o que te fez soltar uma risada doce e fofa... E nossos olhos, ah nossos olhos quando se encontraram me fez ficar imóvel, meu coração batia tão forte que qualquer ser vivo que passasse em frente àquela casa, pensaria que havia uma escola de samba lá, minhas mãos suavam tanto, e minha alegria era indisfarçável. Eu soube naquela hora que te amava, e então, você voltou a juntar seus lábios com os meus, meu coração com o seu e a minha vida com a sua.

Tatiane Oliveira

também poderás gostar...