Sabes eu amo-te, mas...

Sabes, tu dás voltas aos meus sentimentos. 
Mudaste-os quando entraste na minha vida, quando te conheci; mudaste-os quando me apaixonei por ti; mudaste-os quando me fizeste acreditar que podias sentir algo semelhante. 
Não sei se dás conta mas brincas com eles como nunca ninguém o fez. Por ti já senti o melhor e também o pior. Por ti eu choro, eu sorrio. 
E hoje finalmente percebi que tudo aquilo que és, foi o que eu quis que fosses. De hoje para a frente não serás mais a mesma pessoa. Não serás a pessoa que me ilude, não serás a pessoa que brinca com os meus sentimentos. Eu apaixonei-me e em parte enlouqueci, mas no futuro serei aquilo que já escolhi. Quero-te, contínuo a querer-te e quero tudo o que posso ter, quero tudo o que não me faça enlouquecer. 
Amigos somos, amigos seremos, porque a cima de tudo, amigos é o que sempre fomos sem paixão, sem fantasia. 
Sabes eu amo-te, mas...

Anónimo
 

também poderás gostar...