A verdadeira mulher perfeita


És a minha mulher perfeita.

O despertador toca. Mal acordo e vejo-te a sair. Como sempre consegues deixar tudo preparado sempre do jeito que eu gosto. Corres de um lado para o outro. Levas as crianças, fazes de tudo para não perderes o transporte mas sabes que é inevitável alcançá-lo a tempo.
As mãos… já nem as sentes de tanto lavar, construir, limpar. Formam-se cicatrizes do teu esforço.
Quando chego reparo que já estás a dormir. Tentas ficar acordada mas o cansaço fala sempre mais alto.
E tudo isto repete-se dia após dia, sucessivamente, como se o mundo parasse e apenas existisses tu para o fazer continuar a rodar.

Mas eis algumas palavras que venho hoje aqui para te dizer:
Prepara-te!

Partilhar a vida com uma mulher perfeita é a única forma de partilha possível.
É só com ela que consigo partilhar, só a ela consigo dizer tudo o que sinto, tudo o que sou.
Só ela saberá como eu sei – e depois de pensar um pouco saberá muito melhor do que eu.
Sim! A mulher perfeita sabe mais do seu homem do que alguma vez o próprio homem saberá.
E só um homem burro se sente inferiorizado com uma mulher perfeita.
Viver com uma mulher perfeita é um milagre que só mentes pequenas não gozam à grande.
Viver com uma mulher perfeita é um privilégio que muito poucos estão à altura de degustar. Não é qualquer um que está à altura de rastejar e de ser rastejado.
Viver com uma mulher perfeita não é uma humilhação – é uma diversão, uma animação, um verdadeiro vulcão. E é só dentro de um vulcão que a temperatura aquece. Ai.

Eis o que precisas de saber meu amor:
A vida só existe para que tu possas estar viva. E saber que por vezes é tão fácil fraquejar, desistir, cair. Não existe nenhuma lágrima tua que algum dia morrerá solteira.

Hoje apeteceu-me escrever à minha mulher perfeita, mesmo sabendo que para ela a perfeição é coisa para sábios, inteligentes e que nada disso se encaixa nela.
Há minha mulher perfeita digo-te:
Existe muito que já foi dito. Mas existe ainda muito mais que necessita de ser dito.
E tudo isso, digo-to ao ouvido daqui a pouco, do jeito que tu gostas.

Eis como se ama uma mulher perfeita: de corpo para corpo, nada mais.

Até já.

Patrícia Fonseca

também poderás gostar...

Hoje apeteces-me