Deixa-te de desculpas e sê feliz!

Há momentos que ela permanece lá, gosta de mexer no passado, e provocar um coração destroçado. Faltam-te as forças, só te restam lágrimas e um coração aos pedaços. Sentes a vontade a fugir-te pelas mãos - e choras até à exaustão.

Mas a vontade continua lá. É só tu provares a ti mesmo, que és capaz. Eu estive lá. Sei o que é sentir-me sem rumo, mas a vida é isto. A vida também exige a coragem de perder. Por vezes, perdemos coisas para dar sentido a outras. Nada se é dado.
Não é a dor que nos muda, mas sim a vida que nos ensina.

Pensamos que a dor nos ausenta; que sim, mói, até esgotar por dentro. Mas, na realidade, aprendemos com a dor o que a felicidade não ensina: a ter coragem, e acima de tudo, a vencer.

O tempo é uma mais valia, este, ajuda a sarar o que parece não ter cura.
E quando não acreditares, prova a ti mesmo que estás vivo, e enfrenta isso com teu melhor sorriso. A vida é assim: "cair sete vezes e levantar-se oito".

Mas, mesmo que não encontres essa força, procura em alguém que sempre esteve lá para ti.
Nunca te esqueças: estás vivo, e, melhor que isso; arrisca, agarra nas tuas melhores forças e vai ser feliz.

Inês Palminha

também poderás gostar...

Hoje apeteces-me