Não quero palavras, quero atitudes

Acabas de encontrar aquela pessoa que te fez sentir especial e única no mundo, até que descobres que para aquela pessoa tu és tão única como tantas outras pessoas... Ou seja, não passas de só mais uma aventura na vida de quem ainda não descobriu o que quer da vida, nem é adulto o suficiente para admitir que afinal só quer dar umas voltas contigo.
Fazendo um análise da vida real, porquê?  Simples, porque sempre que fantasiamos demais acabamos por levar um chapada de luva branca da vida real.
Eu não quero pensar no que poderia ser ou no que será. Quero a vida real, quero certezas, pessoas de verdade e não máscaras que caem com o tempo.
Sabem quando chegam àquele patamar em que todas as conversas de outras pessoas para vos engatar parece uma conversa de escola e pensam que nos vamos deixar cair nessa conversa clássica de atirar barro à parede a ver se cola? Pois é, já não cola.
 Queres conhecer-me, prova, não quero palavras, quero atitudes. Estás interessado em mim prova, não quero palavras quero atitudes. Queres mostrar que vales a pena o risco? Prova, não quero palavras quero atitudes.
Cansei de palavras vazias, agora quero certezas comprovadas. Agora só acredito vendo, porque só falado esqueço na hora!
Para te mostrar que nem tudo o que parece é, que as verdades são mentira, que por trás de cada cara existe sempre um bom ator. .
Por isso àquela pessoa só quero dizer: “desejo realmente e verdadeiramente que te fodas e obrigada por me mostrares como ainda é tão fácil eu enganar-me e deixar-me arrastar por palavras ocas…”
Peço desde já desculpa à próxima pessoa na minha vida, mas vais pagar pelos erros da outra que me deixou a duvidar de tudo….

Sara Magalhães

 

também poderás gostar...

Imagem

Amor bom é amor leve