Será que esqueceste tudo?

A olhar o céu e a sentir o calor do sol, fecho meus olhos, imagens passam pela minha mente e fazem me sorrir, aquele dia que te vi. Onde te pergunto se te importas que eu fume, e tu admirado dizes que tinhas comprado chiclete para evitares fumar ao pé de mim... aquela chiclete sabor a morango e a amora, o sabor do nosso primeiro beijo, o sabor de tantos beijos nossos. O teu corpo colado ao meu ao som daquelas músicas de Edward Maya e Juan magan, aquela inocência que havia em mim que havia em nós, aquele amor, aquele sentimento que fazia nossos corações saltar do peito. Depois a imagem muda e vejo-te à minha frente com um sorriso lindo que tens a olhar para mim e dizes para eu continuar a falar porque assim tens mais tempo de admirar minha beleza, que a curva que mais gostas em mim é a curva do meu sorriso, a imagem daquele abraço e daquele beijo passado tanto tempo que fez tremer das pernas que quando me deitei meu corpo ainda tremia, e que quando te beijo ainda tremo, aquelas noites loucas no teu carro à luz da lua e ao som do mar, no escuro da rua entre as casas, lembro aquela manhã na minha cama no meu quarto onde mais uma vez me fizeste sentir mulher, sentir desejada e amada como tantas outras vezes. A imagem de ouvir tua voz antes de dormir, e ouvir tua voz ao acordar e me surpreenderes à minha porta para dizeres somente um "Olá" e me dares um beijo matinal, estaria eu a sonhar? Não não estava, foi tudo real . A imagem mais perfeita que me passa é só uma sou eu sentada naquela cama naquele hotel, enquanto dormes olhando para ti e sorrindo de felicidade por te ter ao meu lado, naquela noite saber que ia despertar a teu lado e em teu abraço adormecer, as imagens fogosas naquela cama, naquela mesa, que me faz morder meus lábios gemer de prazer que me dás e da vontade que me possuas ainda mais, a forma como teu coração batia, como teus lábios sorriam e a intensidade com que me beijavas o ventre. Com os meus olhos fechados sinto cada toque teu, cada beijo cada, momento que vivemos que quero e desejo repetir, que só de os lembrar me fazem sorrir e aumentam aínda mais a chama em mim, porque não houve nem há distância ou silêncio que alterasse tal chama, tal sentimento, sentimento esse o do amor, chama essa da paixão do desejo que só de te imaginar quando me pegas pela cintura e como fazes com que meus quadris se abram a vontade que gostas de me possuir, só de pensar , excito-me sem me tocares , onde fica saltitante só por te imaginar e explode quando te sente... Será que esqueceste tudo? Será que não ficou nada? Nem o gosto do meu amor por ti e em ti ? Este amor cravado que queima por  não te ter e faz o coração deitar lágrimas de sangue!

#FallenAngel


também poderás gostar...

Imagem

Amor bom é amor leve