Fogos - e os militares?

Não é por nada e simultaneamente é por tudo porque no final das contas é assim que o povo funciona.
Porque na verdade são os chulos da Marinha e do Exército, os  que "não fazem nada", os que ficam com o dinheiro dos contribuintes, os que não fazem falta à sociedade, que recebem chamadas telefónicas às onze da noite ou já mesmo de madrugada com o fim de serem chamados a ajudar os bombeiros, a população, o país.
E sabem  o que esses militares fazem? Não, não ignoram, não desligam o telemóvel e continuam a dormir. Avançam. Avançam sem saber quando voltam, sem saber onde vão ficar, como vão ficar, mas avançam porque é isso que fazem, "é para isso que servem" uma vez que fizeram um juramento.
 Avançam quando é extremamente preciso e quando não é, avançam quando alguém se lembra em situações apertadas, quando são chamados independentemente da hora e do contexto,  mas para tudo isso acontecer de forma rápida e eficaz, têm de ser e estar peparados, têm de ter formações, têm de praticar e exercitar, o que leva tempo e desgaste (bastante!) mas isso é o que ninguém valoriza. Isso é chulice, é um desperdício de meios e fundos, é um deixa andar, são umas "boas vidas". Só que não meus amigos...
Ps: E o mais triste, é que agora isto não vai servir de nada porque o país está numa situação sensível e vai ser só mais um texto, mas quando isto finalmente passar, (e esperemos que seja rápido!) também vai continuar a servir de nada...

Joana Rita

também poderás gostar...

Hoje apeteces-me