As pessoas cansam-se de tanto dar e nada receber

Cheguei ao ponto em que percebi que tu nunca me amaste, a única coisa que um dia amaste, foi o quanto que eu te fiz sentir amado.
Apercebi-me que todas aquelas vezes que me chegavas a procurar de madrugada, tu apenas estavas carente, o que tu realmente procuravas nessas horas era alguém que te pudesse dar carinho, e amor, para poder aumentar esse teu ego... tu sempre te limitaste em receber e nunca dar, e eu? Sempre continuava a dar todo o amor que tinha, aquele amor e carinho que não sabes dar!
Esse sempre foi o problema que tinhas, sabias receber mas nunca dar!
Eu percebi com o tempo que só procuras quando precisas de algo, porque me conhecias tão bem que sabias que não sabia dizer-te que não, sempre te dava tudo o que tinha mesmo que não merecesses.
Acabaste por me conquistar de uma maneira que ninguém o fez antes, sem eu saber qual era o objetivo dessa conquista, era para que eu fosse a pessoa a quem socorrias quando querias, para eu te fazer sentir amado e a melhor pessoa do mundo.
Fingias ser algo para conseguir essa conquista, mas afinal a tua máscara caiu.
Eu era a tua luz quando te encontravas na escuridão.
Eu era quem te adormecia quando tinhas insónias.
Era eu que te dava a mão quando te sentias inseguro ou com medo de algo.
Era apenas eu que estava disposta para tudo e sempre, enquanto tu nunca estavas para mim, inventavas desculpas, entre outros.
Por imenso tempo, eu aguentei-me firme com esta situação, sustentei-me das migalhas do teu amor, mas já não dava.
A minha motivação de aguentar era pensar que me amavas, até abrir os olhos e descobrir que esse amor era tudo uma farsa.
Agora estou esgotada para ti, não tenho mais nada para te dar, estou vazia.
Cansei, de verdade, porque as pessoas cansam-se de tanto dar e nada receber.
Talvez seja por isso que amavas estar comigo, porque a mim nunca amaste.
Sa.d

também poderás gostar...