És incomparável

Me maravilho todos os dias com a profundidade da sua personalidade, não é só a sua beleza exterior mas a interior é como os raios reluzentes do belo sol. Eu a descrevo como um intenso produto de amor, ou a substração dos erros dos padrões de beleza, talvez a soma de finitos pontos geométricos em um plano inbidimensional ou a divisão perfeita de realidade e fantasia. Uma Aritmética fora do contexto e normais humanas, talvez a álgebra do encantamento…

Em toda minha vida jamais encontrei uma imperfeição totalmente perfeita, ou uma obra viva, esplêndida, admirável, incrível, formosa, cada cor, cada detalhe, cada linha tracejada do espírito ao corpo é uma perfeição de criação.

Incomparável, incredível, como se as maravilhas de um universo tivessem em um olhar, como se a infinita imaginação do que eu descrevo de perfeito tivesse no seu sorriso, como se o mais belo toque de sensação da felicidade é estar perto de ti, um pequeno universo e tão encantador. Eu nem consigo descrever você mas eu só doido por ti, sou mesmo muito apaixonado por você.

Eduardo Costa

também poderás gostar...