Não há um dia em que não pense em ti

Um ano tinha-se passado e ainda eras tu. Um ano se tinha passado e ainda eras tu que me assombravas o coração. Um ano se tinha passado e como é possivel que estivesses tão presente? A verdade é que o tempo passa por nós tão rápido que nem temos a percepção que tudo muda olhando para trás. Sei que estás feliz - muito aliás! - mas não te vou mentir, não há um dia em que não pense em ti, não há um dia em que acorde e que não deseje que estivesses a meu lado, não há um dia em que não daria este mundo e o outro para voltar atrás e concertar o que fiz.
É doloroso demais amar perdidamente alguém que já foi meu e não é mais; mas a vida segue para a frente, e nós com ela. Eu tinha tudo, mas o tudo não me chegou, a ganância tomou conta de mim e hoje não tenho nada. Quase me arrisco a dizer que não sou nada porque de mim só sobrou vazio. Um ano depois estou aqui, mas o coração levaste-o no momento em que partiste. Um ano depois sou o resto das nossas lembranças felizes. Um ano depois sou um presente prisioneiro do passado.
Bela

também poderás gostar...