Não percas o amor da tua vida, como eu perdi

O amor da tua vida não é aquele que te diz que és a mulher da vida dele. O amor da tua vida é aquele que tu consideras ser A pessoa da tua vida. Não porque é bonito por fora, nem por ter uns olhos verdes ou azuis. Não é assim que poderás avaliar.
Tens de sentir uma coisa que nunca tenhas sentido. Todas as pessoas são diferentes, mas tu com o amor da tua vida sentirás que é o tal, que nunca sentiste nada tão intenso, tão forte.
O amor da tua vida tem de ter vontade, mas tu também tens de a ter. O amor da tua vida tem de te surpreender, mas tu também tens de sentir essa vontade. O amor da tua vida vai lutar por ti, mesmo que não saiba o futuro, mas tu.. tu também vais sentir vontade de lutar por ele. O amor da tua vida vai-te olhar nos olhos, e por mais que no início tu possas ficar intimidada, haverá um dia que o olhar dele e o teu quando cruzam terão infinitos significados.
Vais saber que ele não gosta de números ímpares no volume do rádio. Vais saber que ele valoriza-te imenso e vai-te achar sempre linda, mesmo que estejas de pijama e sem maquilhagem. Mais que um momento de diversão, tu sentirás que é o tal, quando se deitarem os dois, e não é preciso mais nada para te sentires completa. O facto de teres um beijo de boa noite, um ombro para dormires, estar de conchinha mesmo sabendo que ele vai comer o teu cabelo centenas de vezes, é isso que te dará a certeza.
Mas.. quando fizerem amor, vai ser mágico. O teu corpo e o dele vão-se encaixar na perfeição. As tuas mãos vão saber de cor e salteado todas as curvas e contracurvas do corpo dele, e ele do teu. Tudo será ainda mais perfeito porque no final da noite, vocês vão dormir aconchegadamente. Talvez nunca durma completamente ferrado, com medo de tu estares descoberta. Talvez se ele ferrar, estejas tu meia acordada a ver se quem não está descoberto é ele. Isso é cuidado, mas mais que isso, é amor.
É inexplicável. Único. Intenso. Perfeito. Tu, simplesmente, não consegues explicar a imensidão desse sentimento.
Tu só sentes! Sentes que é o tal. Mas diz-lhe. Não percas a oportunidade, como eu a perdi.
Vive. Grita. Comete loucuras. Eu também as cometi. Foram as melhores loucuras da minha vida.
Abraça. Beija. Sê chata. Eu também fui e era a chata mais feliz do mundo.
Façam amor, três vezes ao dia se for preciso, mas faz com alma. Leva-o ao auge e deixa que ele também te leve. Eu levei e fui levada e posso-te dar a certeza absoluta que nunca me esquecerei das palavras que lhe disse: "foi o melhor orgasmo da minha vida".
Não tenhas medo, não saberás se amanhã ele estará ao pé de ti. Aproveita como eu aproveitei e no final poderás dizer com todas as certezas "é o amor da minha vida".
Mas.. Não percas o amor da tua vida, como eu perdi, pois talvez nunca mais viverás algo assim.
P.s.: És o amor da minha vida!
Cláudia Ferreira

também poderás gostar...

Imagem

A mulher diferente