Sonha comigo

Nasci com coração para te amar.
Através de dias e de noites, em que a minha pele se arrepia com o teu toque e a minha alma se impregna com o teu perfume.
Nasci com um coração sonhador.
Na tempestade que sempre assolou a minha mente e na vivacidade de raios e coriscos. Contigo deixei de ter pesadelos que me deixavam de pernas a tremer e aprendi a correr mais rápido do que o vento.
Aprendi a aceitar o calor dos teus braços na instância em que o frio ameaça colar-se aos meus ossos.
Foste o meu fogo-de-artificio.
O meu instante de luz, quando a vida parecia sem momentos de cor.
Aquele que sobreviveu mundos e fundos apenas para me cantar uma canção de amor.
Em sucessivos segundos, trouxeste algo maior que a própria vida para o meu Mundo.
Aprendi que o som do teu nome se colava aos meus ouvidos. Como aquelas frases de músicas que se repetem na nossa mente, uma e outra vez.
Nasci para saber de cor o teu rosto.
O ouro dos teus olhos que de alguma forma derrete o meu coração.
Um dia fui a rainha do gelo. De índole fria e alma imutável.
Hoje, sou a rainha do gelo de coração derretido.
Meu amor, és o meu fogo.
A minha luz ao fundo do túnel, que para muitos não tem saída.
Num mundo onde as nossas palavras são escritas em cada pessoa por quem passamos, tu, és a minha poesia predilecta.
Dá-me a mão.
Sonha comigo.

Ângela Sofia

também poderás gostar...