Um dia posso arrepender-me de não ter lutado o suficiente

Porque um dia não vai haver um próximo dia, uma próxima conversa, um próximo beijo e um próximo pedido de desculpas. Porque um dia tudo acaba. Muitas vezes sem aviso prévio e muitas vezes sem dar quietação à alma turbulenta. Aprendemos que nada dura para sempre, mas é neste para sempre que nos focamos para termos algo que nos mova e faça sentir vivos. Viver, hein? O que é viver senão esperar impiedosamente por algo ou alguém? Se formos sortudos encontramos as duas coisas que nos movem, senão tivermos tanta sorte assim podemos correr o risco de nunca saber o nosso propósito.
Hoje eu quis amar, dizer que te amo, dizer "eu perdoo-te" e dizer que quero que voltes, mas não o disse. Fechei-me em copas e chorei. Chorei tudo o que havia para chorar e deixei-te ir... correndo o risco de nunca mais te ver, de tocar e de sentir a tua alma junto a mim. Um dia não vai haver um próximo dia. Um dia posso arrepender-me eternamente de não ter lutado o suficiente, mas um dia estarei de novo junto a ti. Diz me ... quando será esse dia?
Bela

também poderás gostar...

Imagem

A mulher diferente