Nunca pensei dizer isto, mas obrigado.

Acabou. Tu não podes ter a noção do peso que me sai de cima. Tu não consegues imaginar quanto a cabeça deixou de pesar e do quão estou grata por a minha memória te ter feito passado.
Posso confessar. Em alturas de baixa eu pensei que tu me ias perseguir o resto da vida. Sempre no meu pensamento a deixar que as nossas memórias se mantivessem lá. Sempre em sonhos e pesadelos em que não me conseguia desprender de ti.
As pessoas não passam de uma mera ilusão se nós o quisermos. Elas são a nossa melhor forma de aprender o quanto vale a nossa vida e bem estar. Quando nos magoam aprendemos a forma de sarar as feridas interiores, quando nos deixam lidamos com a saudade e perda, quando gostam de nós retribuímos esse mesmo sentimento.
Por momentos pensei nunca dizer isto, mas obrigado! É estranho mas consigo acreditar que é a única coisa que devemos dizer a certas pessoas. Obrigado porque nos ensinam a crescer psicologicamente, socialmente e sentimentalmente.
Logo, vai que eu vou fazer o mesmo, não olhes para trás porque eu já passei uma borracha na nossa pequena história escrita a lápis e que nunca terá direito a caneta!

Maria Carvalho

também poderás gostar...