Acho que me viciei em ti

Chamam-me lamechas por falar muitas vezes de ti. Assim o sou por natureza. Gosto de dizer aquilo que penso, sinto, muitas vezes sem pensar nas consequências. Algo que não acontece contigo. Talvez por seres o melhor da minha rotina nesta agitada cidade. Tu mostras-me todos os dias que o chão que piso é o céu que vejo brilhar nos meus sonhos. Tu fazes das minhas lágrimas o melhor vinho que bebo ao jantar. Tu amas todas as curvas imperfeitas do meu corpo como se fossem as únicas que tivesses viste no mundo.

Tu olhas-me com olhos de Verão, quentes o suficiente para aquecer o meu coração. Tu fazes-me acreditar que se duas pessoas foram feitas uma para a outra, elas vão ficar juntas. Acredito, cada vez mais, que se existe uma força maior que a da gravidade, é a nossa. Tu fazes-me sentir um “todo” e não “é só mais uma”. Tu ouves os meus silêncios, mesmo que não os entendas. Amo-te quando me surpreendes com um ramo de flores, mas roubar o meu melhor sorriso é o suficiente para mim. Sempre consegues superar o meu poço de expectativas com a tua verdade bem dita. Mesmo sabendo que não vou sorrir para o teu amigo mais chato e vazio.

Sei que sabes que tenho tanto de alegria como de complicado. Dias maus, cheios de problemas e manias irritantes. Sou sim ou não, mas muitas vezes talvez. Mas por ti digo com certeza que és a pessoa com quem escolhi mergulhar de cabeça e de mãos dadas nesse futuro tão incerto, mas tão feliz.
chezmoicheznous

também poderás gostar...